Novo ícone do Snapchat é muito mais do que embelezamento

Romário Eichlig

Romário Eichlig

Mais um redesign de logo só por fazer,” você pode ter pensado ao ver esse redesenho tão sutil do Snapchat. Porém…

E se eu te dissesse que ele resulta de uma análise profunda das normas de Branding em apps, e que seu objetivo é justamente quebrar as regras para obter mais visibilidade para a marca?

Pois é, muita gente se escandalizou com o novo fantasminha do Snapchat, mas o que eles não perceberam é que é justamente isso que os fará usar o aplicativo ainda mais!

  • Save
Antes e depois do redesign da Snapchat

 

Nosso redesign visa criar um ícone mais visível e atraente.

A Snapchat se tocou que ela usava um bold tão fino por causa de um status quo do mercado, que é obcecado por designs cleans e minimalistas mesmo que isso implique em enfraquecer sua própria identidade e prejudicar a usabilidade do design.

Porém a Snapchat não é uma marca nada discreta. Colocar toda essa “timidez clean” em sua identidade visual não só foge do Branding como deixa o ícone apagado entre os outros app — e é óbvio que nenhum designer gráfico (ou empresário) quer sua marca apagada por aí.

É por isso que agora a mascote do Snap grita pela sua atenção como nunca! ↓

  • Save
Veja como o novo ícone (direita) tem bem mais presença

A imagem acima não só deixa claro que o novo ícone tem bem mais força que o anterior, como ele também consegue se destacar bem mais os apps concorrentes no seu celular.

E sim, eu concordo com as críticas de que o novo fantasma do Snapchat se destaca tanto que está quase assustador, mas a real é que o ser humano se acostuma com tudo — assim como a gente superou o nosso horror ao redesign do Instagram.

Redesign do logotipo do Snapchat
  • Save

A moral da história é que os seus designs têm que ser consistente, mas principalmente quando essa consistência é em si mesmo (seus ícones, impressos, redes sociais, etc.). Quando isso se estende ao ponto de se mesclar com o resto do mercado, o seu design tende a ficar invisível e por consequência ineficiente.

Por isso vale o questionamento no seu próximo design: “meu projeto tá combinando demais com o padrão do mercado?” Se a resposta for sim, é hora de diferenciar e assim se destacar! 😉

  • Save
Romário Eichlig

Romário Eichlig

Criador do Temporal e formado em Industrial Design pela University of West Florida & UNESA.
Especializações em Branding, Marketing e Psicologia Social.

Comentários

Recomendados:

O Temporal Cerebral é um blog de design gráfico, branding e criatividade em geral que aborda os melhores projetos e estudos do mundo para te tornar um profissional cada dia melhor.

Projetado com o Elementor

Close Menu
18 Shares
18 Shares
Share via
Copy link