Logotipo: um elemento mais importante do que se imagina

Romário Eichlig

Romário Eichlig

O design de um logotipo tem poder para fazer com que qualquer pessoa faça associações diretas entre traços do design e a empresa, seja através de cores, elementos visuais ou fontes.

Um bom exemplo disso foi quando o McDonald’s inverteu seu logotipo em campanha pelo Dia Internacional da Mulher — sem que isso afetasse em nada o reconhecimento da marca.

O logotipo é uma composição gráfica que diz muito sobre a estratégia de marketing de uma empresa, podendo representar graficamente seus princípios e filosofia, assim como o conceito que quer fixar na mente do seu público-alvo.

É muitas vezes através do logotipo que uma empresa começa a construir suas bases de credibilidade e visibilidade. Uma marca sem um logo, ou que vive mudando ele em curtos espaços de tempo, não só confunde seu público-alvo como passa um ar de instabilidade para a empresa, mostrando que ela é incapaz de gerenciar sua própria marca (quem dirá a satisfação do cliente).


A importância de um logotipo bem definido

O objetivo de um logotipo é fazer com que o público identifique seu negócio — ou sua marca — de forma imediata.

Há vários grandes exemplos disso em todo o mundo, como a Coca-Cola, Apple e a Microsoft, todas capazes de chamar a atenção das pessoas com versões estilizadas de suas marcas ou mesmo apenas traços / recortes das mesmas, tamanho é o poder de reconhecimento que elas conquistaram no mundo.

  • Save
Fonte: pexels.com

É por ser tão importante que é recomendável que a criação do logo seja feita por especialistas, que foram treinados para traduzir a história, os valores e a missão da marca de forma adequada por meio de um design gráfico coerente com seu negócio.

E que fique especialmente claro: a credibilidade da empresa está cada vez que seu logo é apresentado para alguém, então se o seu logotipo for feito de forma amadora, a sua empresa também será vista com certo amadorismo.


Elementos de força de um logotipo

Uma tipografia adequada faz com que o logotipo passe a ser visto dentro de um espectro artístico que equilibra o público-alvo e o contexto trabalhado.

É porque isso que a mistura de diversas fontes em um logotipo é um grande erro, já que o excesso de informação não apenas confunde como pode associar essa desordem à imagem da empresa.

A autenticidade também é um ponto-chave que será, ainda que indiretamente, um enorme diferencial. Todos sabemos o quanto pode ser tentador se inspirar em logotipos famosos (ou aqueles sucessos de bancos de logo), porém é importante se lembrar de que aquele design que você ama foi feito para uma marca que provavelmente tem valores bem diferentes da sua.

E nem preciso falar que a internet está sempre esperando um escorregão pra dizer ao mundo tudo que a sua marca “nova” não é tão nova assim, né?

A construção de um logotipo não é simples, tampouco rápida,  demandando que o designer estude bastante para entender a cultura e a identidade da sua empresa, seus objetivos, valores, missão, e história antes de começar seus primeiros esboços.

Quanto mais profissionalismo (e tempo) tiver este processo, maiores são as chances do negócio ser um sucesso.


Exemplos de logotipos bem construídos

Um exemplo de logotipo bem construído seria o refrigerante Guaraná Antártica, por exemplo, com seu design simples que literalmente convoca o desenho das frutas (exclusivas do solo tupi) para dar apoio a sua tagline “O original do Brasil”.

Outro exemplo é o logo da Bacardi: rum criado em uma destilaria que frequentemente era infestada por morcegos, resultando num design de logotipo onde os morcegos que tanto fizeram parte de sua história agora estrelem suas garrafas.

  • Save
Fonte: Unsplash.com

Outro exemplo belo exemplo, para a alegria dos gamers, é o logotipo dos jogos Atari que se inspira no Japão, mais especificamente no famoso monte Fuji.

Já outra empresa de entretenimento que também conta com um logo interessante é a Betway Cassino, empresa de apostas online que o usa o “w” em sua tipografia para remeter aos gráficos de ganhos em apostas, o que pode não dizer nada para quem não joga, mas imediatamente traz um feeling de descoberta aos amantes do jogo.

E é óbvio que logotipos também são aplicados com muita criatividade pelos setores governamentais do turismo. O novo logotipo de Paris, por exemplo remete às embarcações que tão importante foram na história dessa cidade. (Aprende aí, Embratur!)

Outro logotipo que traz sutileza e eficiência é o da Amazon, que tem nela inserido um sorriso cuja função é mais do que transmitir simpatia: note que o elemento curvo que constrói o sorriso é também uma flecha que vai de A à Z, demonstrando a infinidade de produtos encontrados na empresa.

  • Save
Fonte: Unsplash.com

Um design direto ao ponto

As fontes de um logotipo também chamam a atenção para o design de forma positiva ou negativa e, assim como outras vertentes da comunicação, a criação de logos também segue algumas tendências de mercado que conferem valor e modernidade ao design. (Por isso é sempre importante que seu designer esteja atualizado com as referêncisa criativas do mundo.)

Saber como construir um design bacana é uma das formas mais efetivas de trazer visibilidade à marca e — ainda que ma logotipo já esteja estabelecida há algum tempo — sua reciclagem não fará com que o negócio perca clientes.

Muito pelo contrário: um logotipo bem alinhado com o mercado atual fará toda a diferença na hora do seu cliente tiver que escolher entre marcas no ato da compra.

  • Save

Receba presentes e inspiração sem qualquer custo!

  • Save
Romário Eichlig

Romário Eichlig

Criador do Temporal e formado em Industrial Design pela University of West Florida & UNESA.
Especializações em Branding, Marketing e Psicologia Social.

Comentários

Recomendados:

O Temporal Cerebral é um blog de design gráfico, branding e criatividade em geral que aborda os melhores projetos e estudos do mundo para te tornar um profissional cada dia melhor.

Projetado com o Elementor

Close Menu
23 Shares
23 Shares
Share via
Copy link