Onde fã ativo detona bloqueio criativo!

10 Tipos de logos que seus clientes adorariam que você fizesse

2.755

Logotipos têm tendências como tudo no mundo, e agora revisaremos as mais importantes para você fidelizar mais clientes com seu trabalho! 😀

E não, não estou dizendo para você fazer um logotipo da maneira X só porque é uma tendência – isso seria muito idiota, cá entre nós.

Mas o fato é que há tendências de formas e traços que têm se sobressaído, o que denota não só uma maior aprovação por empreendedores, mas pelos seus clientes, obviamente!

Por que me preocupar com tendências de logos?

Assim como no psicologia das formas dos logotipos, saber as logo trends te ajudará a…:

  • encontrar um estilo que, por ser tendência, o cliente já está propenso a gostar;
  • descobrir um estilo que você nem estava ligado, mas que é perfeito para o seu cliente;
  • economizar o tempo tentando reinventar a roda em vez de se inspirar em referências que dão resultado.

Desculpas pela enrolação, mas várias pessoas fizeram um mimimi desnecessário por falar que logos têm tendência.

Acho que isso não deveria vir de uma profissão de pessoas que precisam de mente aberta, não é mesmo? Comecemos!


1) Logotipos Monolinhas (MonoLines)

Os logotipos de monolinhas, ou de linhas finas, se destacam por transmitirem sofisticação!

logo-trends-tendencias-logotipos-monoline-monolinha-monoweight-logos

Isso porque o logo monoline traz em sua essência toda a clareza que apenas seus traços objetivos e cleans podem transmitir.

E isso tudo com um toque artesanal ideal para negócios mais diferenciados – como o exemplo do Mobile Café, que certamente se trata de comida gourmet.

A aplicação pode ser limitada, causando “emaranhados” de informações que se perderiam em algumas aplicações pequenas – como mobile.

Além de tomar cuidado, vale uma dica: embora seja péssimo que detalhes se percam, o que importa é ter a certeza que o look geral não será perdido.

No caso do Hotel Koster, talvez o número se perderia (o que é ruim, já que ele transmite bastante valor), mas o look geral continuaria deixando claro que o logo é do Hotel Koster, não é?


 2) Logotipos Empilhados (Letterstacking)

Não é o formato mais comum devido a dificuldade em desenhar uma boa composição – afinal de contas, o letterstacking é uma tendência de logotipo que mais se parece um cartaz do que um logo!

Mas é justamente de sua complexidade que vem o charme: o estilo é um desafio mental por si só, por isso se destaca em meios mais intelectuais como universidades e museus.

logo-trends-tendencias-logotipos-letterstacking-letras-empilhadas

Se o teu público for mais “cabeça”, esse estilo de logotipo é ótimo pois seu público-alvo não resistirá ao desafio que é desvendar o “quebra-cabeças” que a sua marca representa!

Isso sem contar que este é um maravilhoso exercício de tipografia (que pouca gente realmente domina)!


3) Logotipos de Espaço Negativo/Minimalistas (Negative Space)

Os logos com espaço negativo estão longe de ser novidade, mas entram na lista de tendência por continuarem sendo irresistíveis e terem altíssima capacidade de síntese!

logo-trends-tendencias-logotipos-espaco-negativo-negative-space

Entre as vantagens dos logotipos de espaço negativo / minimalistas, você encontra…:

  • a possibilidade de transmitir dois ícones em um único logo sem causar qualquer incômodo;
  • e a capacidade de fazer o seu público se sentir esperto por ter pescado as ideias escondidas!

É sempre bom que o seu logotipo passe uma única mensagem, mas esse estilo de logotipo é o único com a liberdade e capacidade de falar muito sem incomodar nem um pouco.


 4) Logotipos Cinéticos

Aceita que dói menos. – Albert Einstein

Não adianta chorar, pois os também chamados sistemas de logotipos vieram para ficar!

Um exemplo é o redesign da Oi, que os brasileiros fizeram um enorme mimimi, mas vááááários sites de renome ao redor do mundo aplaudiram (assim como o Temporal, o primeiro do Brasil a apresentar).

As marcas mutantes são tão dinâmicas que mudam a vontade sem perder a sua identidade, como você pode ver no redesign de logo da City of Melbourne:

logo-trends-tendencias-logotipos-logos-cineticos-kinetic-2

Ao contrário do que muitos pensam, os logotipos cinéticos não violam as normas de um bom logo design:

Por mais que ele mude, o logo mutante preserva um padrão inconfundível – o que garante a pregnância da marca e, de quebra, ainda amplia a possibilidade aplicações!

Outra vantagem dessa tendência de logotipo é que as variações podem transmitir mensagens adicionais, como visto no caso da Oslo City Bike:

Oslo City Bike revela sistema de logotipos interativos! 5


 5) Logotipos Flat

É triste, é repetitivo, mas é a realidade: o flat design chegou para ficar.

E o motivo é claro: o flat design faz sucesso por ser extremamente direto e ergonômico!

logo-trends-tendencias-logotipos-flat-logos

Entre as vantagens do logos flat, temos:

  • a clareza em transmitir uma única mensagem (sem margem para confusão);
  • muito menos dores de cabeça na hora da aplicação;
  • arquivos menores que economizam muitos dados.

Não é à toa que vimos no processo criativo do Google que seu redesign flat deixou o site muito mais acessível pra muita gente – além de economizar bastante banda para essa empresa gigantesca.


6) Logotipos Artesanais (Handmade)

Mais autorais que os logos monolines, os logos artesanais falam em nome da honestidade!

Essas linhas deixam extremamente claro que alguém botou a mão na massa para produzi-las, e como consequência o público-alvo acreditará que essa dedicação também se reflete no serviço da empresa!

logo-trends-tendencias-logotipos-artesanais-manufaturados-handmades

Geralmente, é um estilo mais adotado para micro-negócios – mais diferenciados e gourmets –, já que esse estilo de logotipo passa um feeling artesanal (que é ideal para uma pequena cafeteria, por exemplo)!

O bom dessa tendência de logotipo é que ela reflete outra: a de humanizar as empresas e o marketing!


7) Logotipos com Gradient / Degradê

Ano passado o redesign do Instagram confirmou que os logos em degradê voltaram para ficar (temos que superar).

E infelizmente faz sentido: além da digitalização, os métodos de impressão avançaram tanto que ficou fácil imprimir um bom gradient.

Daí a dificuldade em lidar com ele: fomos formados por professores de épocas em que ou o gradient saíria muito caro, ou saíria muito ruim!

O gradient bem-feito dá um ar de modernidade e bem-finalizado ao seu logo (a exceção do Insta que é ridículo).

E vale sempre lembrar: logos são feitos POR designers, não PARA eles!

Tanto seu cliente quanto o público-alvo dele não terão o menor problema para acolher um logo com degradê!


8) Logotipos com Overlay

Semelhante ao degradê, a variedade de cores tornava os logos com sobreposição invisáveis, mas isso mudou!

Os logos em overlay também servem para dar um ar de modernidade a marca, porém podem ser mais difíceis de domar:

Note que no Truman, os arredondamentos e as cores pastéis claras com overlay geraram uma marca tão amigável que beira ao infantil (não sei se era o objetivo, não foi uma crítica).

No caso do MasterCard, a sobreposição única ao meio é um imã para os olhos, o pode ser bem usado por uma marca, mas péssimo por outra. Já no One Journal, o 1 preto é tão contrastante que chega a parecer errado (note que até está cortado)!

Mas assim como a tendência de logotipos em degradê, é tudo questão de dedicação na produção!


9) Logotipos Shadow Breaks

O estilo “quebra por sombra” (tradução livre) é uma maneira incrível de dar um feeling 3D super moderno a um logo!

O estilo geralmente é empregado chapado, sem qualquer gradação, porém ele fica excelente de qualquer maneira se feito cuidadosamente:

Note que no caso do Botanika (o vermelho), essa pequena gradação nas sombras faz parecer que toda a marca está brilhando — só que por ilusão de óptica e não complexos e problemáticos degradês.

Por fim, o estilo também é excelente para criar hierarquia, o que dá margem para criações interessantíssimas como o “labirinto” do logo verde!


10) Logotipos Animados (Motion Graphics)

Indicada pelo Quarto Criativoos logos animados podem ser os mais importantes da década!

Embora não seja um tipo (e sim um adicional), os logos em motion são para marcas que já perceberam que o mundo se digitalizou e o maior contato com elas se dá na internet.

Porém, mais importante que se adaptar a novas plataformas é o fato de que logos animados dão vida e excitação as marcas!

E é por isso que um logotipo bem animado tem facilidade de conquistar o interesse e empatia dos clientes.


Você tem notado a prevalência de alguma dessas tendências de logo ou se tornou adepto de alguma delas?

Ou acha que alguma logo trend importante ficou de fora? Nos diga aí nos comentários! : )

Inspiração: LogoLounge

Junte-se aos mais de 1000 designers em nossa lista

Presentes e Inspiração de Graça! ♥

* indicates required
você pode gostar também
Comentários
Show Buttons
Hide Buttons